Copyright 2020 - www.depcarlospimenta.com.br - Website desenvolvido pela Agência Objetividade
Segunda, 16 Dezembro 2019 12:26

Empresa quer construir maior barragem de rejeitos de Minas

Avalie este item
(2 votos)
Empresa quer construir maior barragem de rejeitos de Minas Foto: Sarah Torres / ALMG

Empreendimento seria mais de 100 vezes maior que Brumadinho.


O deputado estadual Carlos Pimenta participou esta semana de audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Gerais (ALMG), que debateu a construção de um mineroduto e de uma barragem de rejeitos de minério nas cidades de Grão Mogol e Padre Carvalho, no Norte de Minas.

As empresas supostamente responsáveis pelos empreendimentos, a Lotus Brasil Comércio e Logística e a Sul Americana de Metais (SAM), não enviaram representantes à reunião, apesar de terem sido convidadas. Situação questionada pelos parlamentares durante o evento.

O deputado Carlos Pimenta criticou a postura da empresa de não ter enviado nenhum representante. “Isso nos deixa alertas de que estão separando a barragem do mineroduto como uma estratégia para tudo passar. Eu considero isso quase uma confissão. E o tamanho dessa barragem, não sabemos o tipo de rejeito, como será construída, qual risco vai oferecer. Isso é inimaginável”, completou.

De acordo com as propostas apresentadas anteriormente, a barragem de rejeitos teria 2,4 bilhões de toneladas. Para efeito de comparação, a barragem da Vale em Brumadinho tinha 12 milhões de toneladas. A proposta antiga previa o deslocamento de pelo menos 11 comunidades tradicionais geraizeiras em Grão Mogol, além da supressão de 70 nascentes e o rebaixamento de um aquífero na região.

Conforme denúncia do ex-superintendente do Ibama e representante da Associação Pro Mutuca, Júlio César Grillo, a Lotus e a SAM são a mesma empresa e usaram como estratégia submeter ao conselho deliberativo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) a barragem, enquanto planejam solicitar ao Ibama o licenciamento para o mineroduto, como forma de conseguirem as duas permissões.

Segundo os dados e documentos apresentados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), não é a primeira vez que a SAM apresenta essa proposta, já rejeitada em 2010 e 2016. A atual estratégia adotada é a de cada empresa apresentar separadamente uma das iniciativas, o que está dentro da lei.

Lido 258 vezes

Endereços

 

Gabinete em Belo Horizonte

Endereço:

Rua Rodrigues Caldas, 30
Palácio da Inconfidência - gabinete 242
Santo Agostinho
Belo Horizonte - MG
CEP 30190921

Telefone: (31) 2108-7185

Email: dep.carlos.pimenta@almg.gov.br

 

Escritório político em Montes Claros

Endereço: Rua Coronel Luiz Pires, nº 84, sala 202 / bairro: Centro / Montes Claros - MG / CEP: 39400-106

Telefone: (38) 3081-9888