Imprimir esta página
Sábado, 07 Março 2020 13:11

Carlos Pimenta critica o péssimo serviço da telefonia celular no Estado

Avalie este item
(2 votos)
Carlos Pimenta critica o péssimo serviço da telefonia celular no Estado Foto: Guilherme Dardanhan / ALMG

Como qualquer usuário da telefonia celular, o deputado estadual Carlos Pimenta, voltou a criticar o péssimo serviço prestado pelas principais operadoras em Minas Gerais.

De acordo com o parlamentar, o caos que se instalou em todo o estado, está preocupante em Montes Claros. “hoje, falar pelo celular em Montes Claros é ganhar na loteria. Qualquer ligação, seja ela local ou para outras cidades, por qualquer Operadora, a gente nunca consegue falar já na primeira tentativa, só depois de, pelo menos, umas três ou quatro vezes. E quando a gente consegue, as ligações costumam cair no meio da conversa”, fala indignado.

Carlos Pimenta lembra que há muito tempo vem abordando esse assunto entre colegas parlamentares no Plenário na Assembleia Legislativa. Ele comenta que foi procurado por Ricardo Mascarenhas, representante da operadora Vivo, que definiu o problema como não sendo deles. E sim, pela falta de torres dentro do município de Montes Claros. De acordo com Mascarenhas, para que haja a ampliação do serviço, é necessário o assentamento de várias torres, em espaços físicos divididos por quilometragem.

Na opinião do deputado, se a questão é ampliar o número de torres para se fazer uma ligação segura, “o problema não é nosso. Não é do contribuinte. É da Empresa. É ela que tem que construir mais torres”, pontua. O representante da operadora Vivo lembra que a legislação para a construção de torres é muito restritiva. Segundo ele, não se pode sair construindo torres. O município tem que legislar sobre esse tipo de construção. Situação rebatida por parlamentares municipais de Montes Claros, que acham que a legislação não tem nada a ver. É uma relação comercial entre empresa e proprietários de terreno.

Vale ressaltar que o telefone celular nos dias atuais é essencial para vida de todas as pessoas. “É parte do nosso quotidiano”, lembra Carlos Pimenta. “Quando saímos de casa sem ele, parece que deixamos alguma coisa para trás, ficamos sem chão. Sem nenhuma comunicação”, completa o parlamentar. Pimenta lembra que no momento em que a população sonha com a chegada da tecnologia do 5G, “em Montes Claros estamos vivendo ainda, a era do 3 G, devido ao péssimo trabalho prestado à população”, conclui.

Audiência pública: Com o objetivo de discutir a situação telefonia e ao mesmo tempo receber uma explicação sobre o péssimo serviço prestado pelas operadoras (Vivo, Oi, Tim e Claro), principalmente nas cidades do interior do Estado, em específico Montes Claros, no Norte de Minas, o deputado Carlos Pimenta pretende reunir representantes de todas elas, em um grande debate aqui na ALMG, para dar uma explicação convincente sobre o que cada uma das operadoras pretende fazer para melhorar a vida dos consumidores. “Vamos continuar insistindo nesse assunto. Queremos parar de sentir raiva quando formos usar o nosso celular”, finaliza Carlos Pimenta.

Lido 276 vezes Última modificação em Segunda, 09 Março 2020 13:18